Como reduzir o desperdício de água?

Como reduzir o desperdício de água?

Uso de tecnologia adequada ajuda a evitar vazamentos e a perda de água 

Em tempos de crise, o que qualquer pessoa ou negócio menos deseja é gerar algum tipo de desperdício, principalmente de itens básicos, como a água. Porém, no Brasil, cerca de 38% da água tratada é desperdiçada pelas empresas responsáveis pelo saneamento básico e devolvida aos rios.

De acordo com o engenheiro eletricista Gustavo Lamon, diretor comercial do Grupo Isoil Lamon, com sede na capital mineira, por menor que seja o vazamento, ele pode provocar riscos à segurança da população e da natureza. “Por exemplo, um vazamento pode provocar danos na estrutura das edificações, algo que por si só já é um risco aos usuários, além de provocar também a erosão do solo”.⠀

Outro risco citado em caso de desperdício de água é a erosão, ou seja, o processo de degradação e remoção de partículas do solo. De acordo com o especialista, quanto mais tempo demora para ser solucionado, mais a erosão pode se alastrar prejudicando terrenos vizinhos até chegar em locais mais longes e prejudicando a natureza ao redor. ”Além da água em si, que pode causar enfraquecimento do solo, o risco também se dá pelos dejetos que podem acompanhar o vazamento, contaminado tudo até chegar aos rios e lagos perto do local”, alertou Lamon.⠀

Tecnologia certa

Para detectar o problema algumas estratégias podem ser utilizadas e avaliadas de acordo com cada caso, como a setorização devidamente micro e macro medida, para identificação das regiões com maior potencial de perdas, para posterior realização de uma pesquisa de vazamento para análise das perdas reais. Dessa forma, o engenheiro garante que quanto mais rápido um vazamento for contido, menor será o dano. Para isso, algumas tecnologias são indicadas para ajudar na detecção do vazamento. “As ferramentas mais indicadas neste caso são o Geofone Eletrônico, Data Logger de Ruído e Correlacionador de Ruído. Todas estas tecnologia são oferecidas ao mercado pela Lamon e oferecem excelentes resultados aos nossos clientes”, declarou.

Desde 1978 no mercado, a Lamon possui o diferencial de oferecer soluções qualificado e completa desde a venda até a assistência técnica. “Nossa ampla gama de instrumentação, sistemas de software complexos e serviços de medição técnica oferecem alta qualidade e padrões de segurança. Portanto, não hesite em usar os equipamentos certos para identificar se tudo está certo e agir rapidamente em caso de qualquer alteração”, alertou o diretor comercial do Grupo Isoil Lamon.

Fonte: Gustavo Lamon, formado em engenharia elétrica pela PUC (2004) e palestrante. Desde 1999 à frente do Grupo Isoil-Lamon é atualmente o diretor comercial (@isoillamon).

Posts relacionados

abramidia © 2015